Home / Mais Notícias / PT vai entrar na justiça contra aumento das passagens

PT vai entrar na justiça contra aumento das passagens

 

Por 15 votos a 6, os desembargadores do TJDFT (Tribunal de Justiça  do Distrito Federal e Territórios) votaram a favor da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN), impetrada pelo GDF, que dá o direito de aumentar o preço das passagens de ônibus e metrô, na tarde desta terça-feira (24). O deputado Wasny de Roure que vem sendo um dos parlamentares mais presentes e atuantes em defesa dos usuários, disse que que a luta está só começando. “Perdemos apenas um “round nesta batalha”. Mas vamos continuar defendendo as pessoas que precisam do transporte público e o Partido dos Trabalhadores na CLDF via acionar a justiça contra esse aumento”, destaca o deputado.

A decisão do Conselho Especial do TJDFT não encerra a polêmica em torno do assunto. O Ministério Público analisará a legalidade da concessão da alta. O caso será investigado pela Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão e pela Promotoria de Defesa do Consumidor. Se ficar comprovado que houve irregularidades na revisão tarifária, o MP pode entrar com uma ação civil pública contra o GDF.

Para o governador, as passagens de ônibus e metrô devem voltar aos preços entre R$ 2,50 e R$ 5 até segunda-feira (30). O prazo permite que a decisão seja publicada no Diário de Justiça e no Diário Oficial do DF e para que a mudança nos validadores seja feita no fim de semana.

Wasny continua sua luta em defesa do cidadão e destaca que “essa decisão só prejudica o trabalhador, que terá que pagar a tarifa mais cara de R$ 5. Muita gente não tem a menor condição de arcar com esse valor exorbitante”.

 

Publicidade de Exemplo

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*